China responde a tarifas de Trump sobre tecnologia de forma drástica

Após o anúncio de Donald Trump, que decidiu aplicar uma tarifa de 25% sobre produtos chineses que envolvem propriedade intelectual e tecnologia, esperava-se que a China responderia, provavelmente na mesma moeda.

EUA anunciam 25% de tarifa sobre tecnologia chinesa

E os chineses evidentemente optaram por não ficarem calados. Agiram anunciando também uma tarifa de 25% sobre 50 bilhões de dólares em importações provenientes dos Estados Unidos. Até aqui, tudo bem. A resposta foi na mesma medida do que Trump havia anunciado.

Entretanto, a China não parou por aí e, numa manobra considerada surpreendente pelos analistas, Xi Jinping já informou aos americanos que taxará os produtos de energia também, como petróleo bruto e gás natural.

A situação deve causar grande impacto aos EUA, principalmente porque os chineses ocupam o primeiro lugar na lista dos maiores importares de produtos de energia americanos. De fato, será um passo ousado nesta guerra comercial.

Anúncios